sábado, 5 de janeiro de 2013

MACAÍBA: BANDIDOS INVADEM CASA DO JOGADOR WALYSSON, E FAZEM ARRASTÃO


Foto: g1.com/rn
Três homens em um Corsa de cor prata invadiram na manhã de hoje (5), por volta das 10h30, a casa da família de Wallyson, jogador de futebol que foi do ABC, jogou pelo Cruzeiro no ano passado e atualmente negocia sua ida para o São Paulo. Estavam na casa em Mangabeira, Macaíba, além do jogador, a mãe dele, seus dois irmãos e a empregada. Segundo Walysson, os três homens levaram a família para a sala e fizeram arrastão nos cômodos.

O jogador conta que dormia em uma rede quando, entre as 10h e 10h30 de hoje, os três homens invadiram a casa e chegaram chutando o irmão do jogador, que estava no chão. Anunciaram assalto batendo em Walysson e mandando-o acordar. Por estar dormindo, o jogador demorou para perceber a situação e entender o que acontecia. Até que, irritados e, segundo o jogador, nervosos, os bandidos deram uma coronhada na cabeça dele.

Após reunir todos os membros da família, os três homens levaram todos à sala, onde mandaram a família permanecer de cabeça baixa e responder tudo o que perguntassem, alternando com ameaças de atirar contra o jogador. Foi então que um dos três bandidos reconheceu Walysson e avisou aos demais. Ele confirmou que era realmente jogador e diz ter reconhecido um dos três homens, de quando esteve em Felipe Camarão.

Confirmada a profissão de Walysson, os bandidos, que sabiam que ele estava passando férias em Natal, foram até o carro dele, pegaram uma bolsa com celular, perfume e dinheiro. Também foram levados roupas, tênis, celulares da mãe e dos dois irmãos e cordões de ouro do jogador e da mãe, que os bandidos encontraram na casa. Ao saírem da casa, os bandidos deixaram uma das bolsas do jogador com um celular dele dentro.

Sobre a descrição dos assaltantes, Walysson só lembra que um deles tinha tatuagem no braço, mas não soube dar maiores detalhes porque os bandidos mandavam todos permanecerem de cabeça baixa. O jogador acredita que alguém da região tenha informado os bandidos sobre a casa da família dele e que ele estaria aqui, de férias.

Walysson diz que planeja achar um lugar para colocar a família dele em Natal, mas provavelmente apenas na próxima semana. O jogador não avisou a Polícia, mas ligou para um amigo logo após o ocorrido e pediu que fizesse isso.

Fonte: Tribuna do Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários de baixo calão, ou de cunho partidário, ou que ofenda pessoalmente a alguém, serão excluídos sem aviso prévio.